Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
Navegar para Cima
Iniciar sessão
Última modificação em 29/10/2018 10:05 por Paulo J. Goncalves

Cobrança de Alimentos

Através deste serviço, pode pedir a fixação, alteração e cobrança de pensão de alimentos a um cidadão que resida no estrangeiro, mesmo que não saiba a localização exata dessa pessoa.

Este processo é realizado através da cooperação entre Portugal e outros países, quer através de acordos pré-estabelecidos, quer por via de mecanismos diplomáticos.

A pensão de alimentos fixada, alterada ou cobrada pode ser para si ou para os seus filhos, menores ou maiores de idade.


Para informação sobre os documentos necessários à instrução do pedido, clicar sobre na linha referente ao Estado em que reside o(a) devedor(a).​



Regulamento (CE) 4/2009
entrada em aplicação em

18 de junho de 2011

Convenção de Nova Iorque 1956

Convenção da Haia 2007
entrada em aplicação em

1 de agosto de 2014

Acordo Bilateral
Decisões anteriores a
18 de junho 2011
Decisões posteriores a
18 de junho 2011
 Revisão e confirmação da decisão estrangeira​​

Conve​nção

de Lugano

Declaração de força executória

  Revisão e confirmação da decisão estrangeira​​
Convenção
de Lugano
Declaração de força executória
Reconhecimento e declaração de força executória  da decisão?
Albânia  ​      
 
   
Alemanha sim        não                 
Áustria sim         não        
Angola            
 
Argélia    
 
       
Argentina            
Arménia            
Austrália            
Barbados            
Bélgica sim        não                 
Bielorrússia     ​​ ​​​    
Bolívia              
Bósnia e Herzegovina            
Brasil
Bulgária sim        não                 
Burkina Faso            
Cabo Verde            
 
Cambodja            
Cazaquistão            
Chile            
China            
Chipre sim        não                 
Colômbia            
Coreia do Sul            
Croácia sim        não                 
Cuba            
Dinamarca *
El Salvador            
Equador            
Eslováquia sim        não                 
Eslovénia sim        não                 
Espanha sim        não                 
Estados Unidos da América        
 ​
 
Estónia sim        não                 
Filipinas            
Finlândia sim        não                 
França sim        não                 
Grécia sim        não                 
Guatemala            
Guiné-Bissau            
 
Haiti            
Hungria sim        não                 
India              
Irlanda sim        não                 
Israel            
Itália sim        não                 
Letónia sim        não                 
Libéria            
Lituânia sim        não                 
Luxemburgo sim        não                 
Malawi              
Malta sim        não                 
Marrocos            
México            
Moçambique            
 
Mónaco            
Montenegro    ​        
Níger            
Noruega         decisões após 1-1-2010  
Nova Zelândia            
Países Baixos sim        não                  
Paquistão            
Polónia sim        não                  
Quirguistão            
Reino Unido * sim        não                  
Repúb​lica Central Africana            
República Checa sim        não                  
República da Macedónia            
República da Moldávia            
República Dominicana            
Roménia sim        não        ​​          
Santa Sé            
São Marino            
São Tomé e Príncipe            
 
Seicheles            
Sérvia            
Sri Lanka            
Suécia sim        não                  
Suíça     decisões após 1-1-2011       
Suriname            
Tunísia            
Turquia
Ucrânia            

 * Estado-Membro não vinculado pelo Protocolo da Haia 2007 



A tradução de documentos que estejam numa língua estrangeira é feita pela Direção-Geral da Administração da Justiça (​DGAJ).


O pedido deve ser feito: 

  • presencialmente ou por correio
     
    Av. D. João II, n.º 1.08.01 D/E
    Ed. H - Pisos do 0, 9.º ao 14.º
    1990 - 097 Lisboa
    Portugal 
  • pelo telefone (+351) 217 906 252 ou (+351) 217 906 271
  • por email correio.dsjcji@dgaj.mj.pt.​​






​​​​​​​​​​